Saiba aqui como deixar o seu banheiro limpinho!

Share Button

2

Na nossa casa, o banheiro deve ter um cuidado especial na hora da limpeza, para evitar a propagação de doenças. O ideal seria limpa-lo todos os dias.

Aqui vão algumas dicas para deixar a limpeza do seu banheiro mais eficiente.

 

Clube do Lar - Higienizador

Vaso sanitário

Limpar o vaso sanitário é uma das tarefas mais chatas ao limpar o banheiro. Mas felizmente, os vasos sanitários e suas respectivas caixas d’água são normalmente produzidas com porcelana vitrificada, não-porosa e fácil de limpar.

Comece a lavar pela parte externa do vaso, use sempre luvas de borracha para manusear os produtos de limpeza e leia atentamente o rótulo para usá-los corretamente.

Já na parte interna do vaso, limpe e desinfete com 1 e 1/2 xícara de água sanitária. Despeje dentro do vaso e deixe agir por 10 minutos. Esfregue toda a parte interna com a escova de cabo longo apropriada  para vaso sanitário e dê a descarga.

Se tiver uma mancha mais resistente, faça uma limpeza de um dia para o outro no vaso sanitário colocando 1/4 de xícara de bórax na parte interna e deixando a mistura permanecer até o dia seguinte.

Manchas de ferrugem na borda interna do vaso sanitário saem com clareador de lavanderia. Proteja suas mãos com luva de borracha ao manuseá-lo.

Cuidado: nunca combine clareador com produtos limpadores de vaso sanitário. A mistura pode ser tóxica.

Cuba, pia e bancada

Essas peças geralmente são de cerâmica, fórmica ou mármore reconstituído. Estes materiais são duráveis e de fácil limpeza.
No mármore reconstituído, evite usar limpadores abrasivos ou palha de aço, pois arranham a superfície, dificultando a limpeza.

Já no caso da fórmica, com uma esponja dupla face aplique o produto de limpeza e depois uma leve camada de cera protege e lustra a superfície.

Mistura básica para limpeza de banheiro
Misture 3 colheres de chá de bicarbonato de sódio, 1 e 1/2  xícara de amônia e 2 xícaras de água morna.

Utilize esta mistura para a limpeza diária. Não se esqueça de usar luvas de borracha ao preparar a mistura (que, aliás, deve ser feita com boa ventilação).

Para a mistura de limpeza sem amônia, misture 450 gramas de bicarbonato de sódio, 4 colheres (de sopa) de detergente e 1 xícara de água morna.

Espelhos
Limpando a pia, a bancada nos damos de cara com o espelho, existe coisa mais incômoda do que olhar para o espelho e ver sua imagem embaçada? Para limpar espelhos, use um pano limpo e seco e uma das soluções abaixo.

a) Misture 1 e 1/2 xícara de vinagre em 3,7 litros de água. Aplique com uma esponja ou despeje a solução num recipiente tipo spray e borrife diretamente sobre o espelho. Lustre com uma camiseta velha, ou.

b) Misture 2 xícaras de álcool isopropílico (solução a 70%), 2 colheres (de sopa) de detergente e 2 xícaras de água. Agite bem a mistura e coloque num recipiente tipo spray. Borrife diretamente sobre o espelho. Lustre com uma camiseta velha, ou.

c) Adquira o produto de sua preferência no supermercado e aplique da forma indicada no rótulo.

Box e Banheira
Agora chegamos à área que exige um pouco mais de trabalho, devido ao fato de ser a parte úmida do banheiro, o box e a banheira.

Mas se você seguir as dicas abaixo, o trabalho pode ficar um pouco mais fácil.
Se a área do chuveiro está sujeita a mofo, passe um desinfetante e uma solução inibidora de mofo, periodicamente.
Deixe a porta do box um pouco aberta para permitir a circulação de ar. Isso vai inibir a ação do mofo.

As portas dos boxes de vidro vão brilhar quando você limpá-las com uma esponja mergulhada em vinagre branco.
Adicione 1 xícara de amaciante de roupa a 1/4 de xícara de água morna e use para limpar a espuma e os restos de sabonete das portas do box.
Remova marcas de água nas estruturas de metal ao redor das portas e dentro do box com óleo de limão.
Se a argamassa ou a vedação do box estiverem desgastadas na junção das paredes com a banheira ou com o piso do box, faça de novo a vedação para evitar infiltração e conseqüente a proliferação de fungos.
Quando as paredes de azulejos precisarem de uma limpeza mais profunda, deixe a água quente ligada para que o vapor amoleça a sujeira. Usando um esfregão, limpe com uma mistura de 1 e 1/2 xícara de vinagre, 1 xícara de amônia e 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio em 3,7 litros de água morna.
Em seguida enxágüe bem.
Nota: nunca use abrasivos ou palha de aço.

Limpe os resquícios minerais do chuveiro tirando a carcaça de plástico e mergulhando-a no vinagre.
Depois passe uma escova de dente nos depósitos de sujeira. Limpe os buracos com um arame, alfinete ou palito.

Mistura caseira para limpeza do box

Misture 1 e 1/2 xícara de vinagre, 1 xícara de amônia, 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio e 3,7 litros de água. Cuidado: use luvas de borracha e trabalhe numa área bem ventilada ao usar esta solução.
Aplique a mistura nas paredes do box com uma esponja, se necessário esfregando com uma escova para retirar toda a crosta.
Enxágüe bem e seque.

Banheiras de porcelana devem ser limpas com produto não-abrasivo ou limpador líquido. Despeje o produto numa esponja úmida e aplique sobre a superfície da banheira. Utilize uma esponja de fibra sintética nas superfícies mais difíceis. Depois, enxágüe bem.
Quando você for limpar a banheira, remova também os fios de cabelos que ficam no ralo para evitar entupimento.

Banheiras em fibra de vidro devem ser limpas com produto específico ou com limpador não-abrasivo. Aplique o produto com uma esponja úmida e enxágüe bem.
Removedores de ferrugem são bastante eficazes. Use luvas de borracha quando for manusear esses produtos porque eles contêm ácido.

A mancha escura de sujeira que pode estar marcando a parte interna ao redor da banheira pode ser tirada apenas com o uso de uma esponja. Cubra essa mancha com uma pasta de creme de tártaro e peróxido de hidrogênio, quando a pasta secar, retire o excesso com uma esponja.

Mas, para a limpeza não ficar comprometida, o ralo não pode estar entupido, para a água com a sujeira não ficar empossada em algum canto. Fios de cabelo e resíduos de sabonete caem facilmente no ralo entupindo o encanamento. A limpeza regular dos ralos evita o entupimento e reduz o tempo de limpeza: a água que passa pelos canos rapidamente evita o acúmulo de sujeira. Se a limpeza do ralo não resolver, você pode tentar algumas das dicas abaixo.

Se o desentupidor manual não funcionar, utilize um produto químico para desentupi-lo. Esses produtos devem ser manuseados com cuidado especial porque são cáusticos e perigosos para a pele e os olhos. Utilize-os numa área bem ventilada e siga as instruções do rotulo do produto.

Nunca utilize um desentupidor, pressurizado ou não, depois de usar um limpador químico. O produto pode espirrar em você e causar danos. Além disso, diga ao encanador o que você utilizou no ralo antes que ele comece o trabalho. A combinação de amônia e outros limpadores domésticos com desentupidores químicos produzem gases perigosos.
Aquelas mosquinhas e larvinhas que aparecem às vezes no ralo ou nas frestas do box
são conhecidas como “moscas dos drenos” ou “moscas dos ralos”.
Essas mosquinhas não transmitem doenças, mas indicam que é preciso limpar os ralos. Suas larvas se alimentam de bactérias que crescem no material gelatinoso encontrado nesses locais.

Para se livrar delas, utilize luvas, escovas, sabão e água quente. Retire o tampão do ralo e esfregue a área interna. Despeje água bem quente. Depois, prepare uma solução de duas colheres de água sanitária por um litro de água e despeje.

Mistura caseira para desentupir ralos
Ralos podem ser desentupidos derramando-se 1 e 1/2 xícara de bicarbonato de sódio com 1 e 1/2 xícara de vinagre. Cuidado: a interação desses dois ingredientes gera espuma e vapor. Recoloque a tampa do ralo. Lave o ralo com água corrente depois de três horas.
Mas se você seguir as dicas abaixo, o trabalho pode ficar um pouco mais fácil.
Se a área do chuveiro está sujeita a mofo, passe um desinfetante e uma solução inibidora de mofo, periodicamente.

Deixe a porta do box um pouco aberta para permitir a circulação de ar. Isso vai inibir a ação do mofo.
As portas dos boxes de vidro vão brilhar quando você limpá-las com uma esponja mergulhada em vinagre branco.
Adicione 1 xícara de amaciante de roupa a 1/4 de xícara de água morna e use para limpar a espuma e os restos de sabonete das portas do box.

Remova marcas de água nas estruturas de metal ao redor das portas e dentro do box com óleo de limão.
Se a argamassa ou a vedação do box estiverem desgastadas na junção das paredes com a banheira ou com o piso do box, faça de novo a vedação para evitar infiltração e conseqüente a proliferação de fungos.

Quando as paredes de azulejos precisarem de uma limpeza mais profunda, deixe a água quente ligada para que o vapor amoleça a sujeira. Usando um esfregão, limpe com uma mistura de 1 e 1/2 xícara de vinagre, 1 xícara de amônia e 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio em 3,7 litros de água morna.
Em seguida enxágüe bem. Nota: nunca use abrasivos ou palha de aço.

Limpe os resquícios minerais do chuveiro tirando a carcaça de plástico e mergulhando-a no vinagre.
Depois passe uma escova de dente nos depósitos de sujeira. Limpe os buracos com um arame, alfinete ou palito.

Mistura caseira para limpeza do box
Misture 1 e 1/2 xícara de vinagre, 1 xícara de amônia, 1/4 de xícara de bicarbonato de sódio e 3,7 litros de água. Cuidado: use luvas de borracha e trabalhe numa área bem ventilada ao usar esta solução. Aplique a mistura nas paredes do box com uma esponja, se necessário esfregando com uma escova para retirar toda a crosta. Enxágüe bem e seque.

Banheiras de porcelana devem ser limpas com produto não-abrasivo ou limpador líquido. Despeje o produto numa esponja úmida e aplique sobre a superfície da banheira. Utilize uma esponja de fibra sintética nas superfícies mais difíceis. Depois, enxágüe bem.
Quando você for limpar a banheira, remova também os fios de cabelos que ficam no ralo para evitar entupimento.

Banheiras em fibra de vidro devem ser limpas com produto específico ou com limpador não-abrasivo. Aplique o produto com uma esponja úmida e enxágüe bem.
Removedores de ferrugem são bastante eficazes. Use luvas de borracha quando for manusear esses produtos porque eles contêm ácido.
A mancha escura de sujeira que pode estar marcando a parte interna ao redor da banheira pode ser tirada apenas com o uso de uma esponja. Cubra essa mancha com uma pasta de creme de tártaro e peróxido de hidrogênio, quando a pasta secar, retire o excesso com uma esponja.
Mas, para a limpeza não ficar comprometida, o ralo não pode estar entupido, para a água com a sujeira não ficar empossada em algum canto. Fios de cabelo e resíduos de sabonete caem facilmente no ralo entupindo o encanamento. A limpeza regular dos ralos evita o entupimento e reduz o tempo de limpeza: a água que passa pelos canos rapidamente evita o acúmulo de sujeira. Se a limpeza do ralo não resolver, você pode tentar algumas das dicas abaixo.

Se o desentupidor manual não funcionar, utilize um produto químico para desentupi-lo. Esses produtos devem ser manuseados com cuidado especial porque são cáusticos e perigosos para a pele e os olhos. Utilize-os numa área bem ventilada e siga as instruções do rotulo do produto.

Nunca utilize um desentupidor, pressurizado ou não, depois de usar um limpador químico. O produto pode espirrar em você e causar danos. Além disso, diga ao encanador o que você utilizou no ralo antes que ele comece o trabalho. A combinação de amônia e outros limpadores domésticos com desentupidores químicos produzem gases perigosos.

Aquelas mosquinhas e larvinhas que aparecem às vezes no ralo ou nas frestas do boxsão conhecidas como “moscas dos drenos” ou “moscas dos ralos”.
Essas mosquinhas não transmitem doenças, mas indicam que é preciso limpar os ralos. Suas larvas se alimentam de bactérias que crescem no material gelatinoso encontrado nesses locais.

Para se livrar delas, utilize luvas, escovas, sabão e água quente. Retire o tampão do ralo e esfregue a área interna. Despeje água bem quente. Depois, prepare uma solução de duas colheres de água sanitária por um litro de água e despeje.
Mistura caseira para desentupir ralosRalos podem ser desentupidos derramando-se 1 e 1/2 xícara de bicarbonato de sódio com 1 e 1/2 xícara de vinagre. Cuidado: a interação desses dois ingredientes gera espuma e vapor. Recoloque a tampa do ralo. Lave o ralo com água corrente depois de três horas.

Box e Banheira
Agora chegamos à área que exige um pouco mais de trabalho, devido ao fato de ser a parte úmida do banheiro, o box e a banheira.

Cortinas do chuveiro e tapetes
Como as banheiras, as cortinas do chuveiro e os tapetes estão sujeitos ao mofo. As dicas abaixo vão ajudar a facilitar a limpeza dos mesmos.

Para prevenir o enrugamento das cortinas, coloque-as na máquina de lavar com 1 e 1/2 xícara de detergente e 1 e 1/2 xícara de bicarbonato de sódio. Adicione uma xícara de vinagre no ciclo de enxágüe. Pendure as cortinas assim que terminar tudo e deixe-as secar.

Quando você limpar uma cortina plástica de banho, mantenha a peça macia e flexível adicionando algumas gotas de óleo mineral. Mantenha a maciez passando uma solução de água morna e óleo mineral.

Elimine o mofo borrifando desinfetante nas cortinas.

Limpe o tapete de vinil ou de borracha do banheiro colocando-o na máquina com sabão em pó. Posteriormente, enxágüe com uma solução de água e vinagre.

Com todas essas partes limpas, lave o chão do banheiro com o produto de sua preferência, enxágüe bem para a remoção dos resíduos do produto e seque bem o piso.

Cuidado para não deixar que produtos químicos permaneçam na superfície do banheiro, pois se isso ocorrer podem descolorir e manchar o piso/tapete atoalhado que você colocar após lavar o banheiro.

Com essas dicas a limpeza do seu banheiro vai ser mais eficiente, aumentando a eliminação de bactérias.

6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *